Assisted Hatching

Hatching é um termo usado para definir um processo pelo qual todos os embriões passam em seu último estágio de desenvolvimento antes de implantar no útero materno. Consiste na realização de uma pequena abertura na Zona Pelúcida (camada que envolve e protege o embrião durante seu desenvolvimento celular), permitindo assim que ele saia dessa “proteção” e implante no útero da mãe.



Esse processo ocorre naturalmente, porém alguns embriões possuem a Zona Pelúcida muito espessa ou rígida e não conseguem rompe-la, ficando presos em seu invólucro e entrando em apoptose (morte celular). Com isso, a gravidez não ocorre. Segundo os estudos, a principal causa desse espessamento e ou endurecimento da Zona Pelúcida é a idade materna avançada e a endometriose de ovário.



Fazemos uma analogia do hatching com o que ocorre com os animais que nascem do ovo. Aqueles que não conseguem quebrar a casca do ovo não nascem e acabam morrendo. Assim ocorre com os embriões humanos.



 

Porém, com a evolução das técnicas de Reprodução Humana Assistida conseguimos realizar esse processo ‘in vitro’. Através do uso do ácido tyrods ou do laser fazemos um afinamento na zona pelúcida imitando o processo natural, assim ajudamos o embrião a sair de sua capa protetora e implantar no útero.

CRH Rio Preto
Rua XV de Novembro, 4461 - Redentora
São José do Rio Preto - São Paulo

CEP.: 15.015-110 

Central de Atendimento
    (17) 3216.8662 | (17) 9 9601.2765